quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Risoto de abóbora e lagarto

Lembra daquele meu escondidinho de abóbora com lagarto? Me inspirei nele pra fazer um delicioso risoto no jantar de uma noite dessas e foi um sucesso! Olha que usei o arroz simples mesmo, o que não comprometeu nem o sabor e nem a cremosidade do prato. Coloquei 1 colher de sopa de um tempero caseiro feito com cebola e alho batidos no liquidificador em uma panela média com 1 fio de azeite aquecido. Depois de alguns minutos, acrescentei 1 e 1/2 xícara  de arroz e 1 colher de chá de sal e fui adicionando caldo de legumes aos poucos e mexendo sempre até o arroz começar a ficar macio. Quando isso aconteceu, juntei 2 xícaras de lagarto desfiado misturado com 2 xícaras de abóbora paulista cozida em água e sal e amassada com o garfo. Misturei bem e fui adicionando - aos poucos e mexendo sempre - 3 xícaras de creme de abóbora (abóbora cozida batida no liquidificador com 1 xícara da água do cozimento). Finalizei com 1 colher de manteiga, 1/2 xícara de queijo parmesão ralado e um pouco de pimenta do reino branca moída na hora. Misturei um pouco e desliguei o fogo. Para servir (e para ficar bonito na foto) salpiquei um pouco de cebolinha picada. Não ficou uma lindeza?

Risotinho fake simples e rápido: cai bem no dia a dia,
no almoço com os amigos no fim de semana,
no jantar romântico com o marido...

sábado, 6 de fevereiro de 2016

Espaguete à carbonara

Prato relâmpago. Faz bonito em qualquer ocasião. Dá pra fazer pra dois ou para um monte de gente. Usa poucos ingredientes. Mas, como nada na vida é perfeito, é bem calórico. Já vi essa receita com creme de leite, cebola e até ervilha, mas na receita original só vai ovo, queijo picorino (usei parmesão), azeite e bacon. Além da massa, claro. Escolhi para o nosso almoço de sábado porque tinha um monte de coisa pra fazer e a gente precisava de algo rápido - leva menos de meia hora pra ser preparado. Comecei cozinhando a massa como sempre (uns 250 gramas, o suficiente para 2 pessoas). Enquanto isso, em uma frigideira grande e funda, fritei 100 gramas de bacon e 1 dente de alho esmagado em 1 colher de azeite e até o bacon ficar dourado. Tirei da frigideira e reservei. Em uma tigela, misturei cerca de 100 gramas de queijo parmesão ralado e 2 ovos e temperei com pimenta do reino. Quando o espaguete terminou de cozinhar, transferi para a frigideira do bacon (sem escorrer, mas usando água do cozimento que ficou no pegador - cerca de 50ml), adicionei a mistura de ovos, mexendo sempre e rápido. Tudo isso com o fogo desligado, para os ovos não cozinharem. Pronto! Delícia de almoço, em poucos minutos! 


Ficou bonitinho!








terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Escondidinho de abobrinha gratinado com provolone

Vocês não sabem! A geladeira da minha mãe parou de funcionar por conta de uma descarga elétrica e ela trouxe algumas coisas pra guardar na minha. Entre elas, pequenas porções de comida congelada que sobraram de algumas refeições que, junto com algumas sobras da minha geladeira, se transformaram no delicioso jantar da noite de hoje. Um pouco de carne cozida e cenoura refogada viraram uma linda carne de panela. Refoguei 1/2 cebola picada em um fio de azeite, acrescentei cerca de 2 xícaras de carne assada e complementei o tempero com um sal, pimenta do reino e pimenta calabresa. Cortei alguns pedaços da carne em pedaços menores e deixei no fogo baixo por uns 15 minutos. Ficou perfeita, parecendo que foi feita na hora! Com um pouco de purê de batatas, abobrinha, refogada e queijo provolone ralado, fiz um escondidinho de lamber os beiços. Esquentei o purê já pronto em fogo baixo até ficar mais espesso e perder aquele aspecto molengo de congelado. Espalhei um fio de azeite em uma forna refratária pequena e cobri com fatias de abobrinha refogada com alho, cebola e bacon bem picadinhos. Cobri a camada de abobrinha com o purê de batata e salpiquei cerca de 1 xícara de queijo provolone ralado. Levei ao forno alto na grelha de baixo por cerca de 15 minutos, até o caldo da abobrinha secar complemente, e depois deixei mais uns 10 minutos em fogo baixo, na grelha de cima, até o queijo começar a ficar dourado. No meu caso, já estava tudo pronto, mas você pode fazer esse prato delicioso desde o começo, refogando a abobrinha e fazendo o purê. Se não tiver provolone em casa, use o queijo parmesão mesmo! Tenho certeza que também vai ficar uma delícia! Missão cumprida: nenhuma sobra na geladeira e jantinha gostosa na mesa!

O escondidinho ficou assim!
A carne de panela bem
temperadinha foi a companhia ideal!